NeoSolo - Agroanálise

Informativos

Tuesday, June 4, 2019 - 16h06

Recomendações para coleta de amostras de solo

Recomendações de coleta

A coleta das amostras de solo de uma área deve obedecer a certos critérios, pois influenciará em todo o processo da análise no laboratório. Caso não sejam seguidos tais critérios resultará na alteração dos valores das variáveis analisadas, portanto para que os resultados analíticos sejam satisfatórios, é essencial cumprir o seguinte processo:

É importante não coletar próximo as residências, formigueiros, galpões, estradas, depósitos de adubos/calcário e evitar retirar a amostra quando o terreno estiver encharcado.

Nos pontos a serem amostrados, limpe o local retirando restos vegetais, pedras, sujeiras e restos de cultura.

Dividir a área a ser amostrada em glebas uniformes, considerando o tipo de solo, a topografia, a vegetação, culturas anteriores, manejo, cor e textura. Após a definição das glebas, retirar as sub-amostras caminhando pelo terreno em ziguezague.

Com um trado ou outro equipamento adequado retire as sub-amostras, de 00 a 20 cm de profundidade, em 20 a 40 pontos distintos todas na mesma profundidade. Este procedimento é importante pois:

As sub-amostras devem ser colocadas em um balde limpo e após a coleta de todos os pontos, misturar bem a terra do balde e desta mistura, retirar cerca de 300g e acondicionar à embalagem que será enviada ao laboratório.

NUNCA acondicione a amostra de solo em embalagens vazias de defensivos agrícolas, calcário, fertilizantes, sal mineral, entre outros, pois contaminará a amostra. Portanto NÃO utilize estas embalagens.

As amostras de terra embaladas nos saquinhos devem ser corretamente identificadas do lado de fora para serem enviadas ao laboratório com os seguintes dados: Solicitante, proprietário (nome do proprietário e/ou nome do arrendatário), propriedade, município, matrícula, área, endereço e telefone para contato.